Medicina Interna: O Passado, O Presente e O Futuro. A Visão do Interno

Autores

  • Torcato Moreira Marques Unidade Funcional de Medicina Interna do Hospital de Santa Marta, Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Central, Lisboa, Portugal; NOVA Medical School, Faculdade de Ciências Médicas da Universidade NOVA de Lisboa, Lisboa, Portugal. https://orcid.org/0000-0003-2820-3259

DOI:

https://doi.org/10.24950/PV/203/21/3/2021

Palavras-chave:

Currículo, Internato e Residência, Medicina Interna/educação

Resumo

O presente artigo é um exercício de reflexão um interno sobre a evolução da especialidade, desde o seu passado, passando pelo presente e pensando o futuro. Tem como objectivo promover a reflexão e discussão interpares sobre a evolução da especialidade, os objectivos comuns para o futuro e, ainda, a importância da revisão das necessidades de formação e curriculares nesta especialidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Rede de Referenciação Hospitalar. Medicina Interna [consultado março 2021] Disponível em: https://www.sns.gov.pt/wp-content/uploads/2018/01/RRH-Medicina-Interna-Para-CP-21-12-2017.pdf

Merli GJ, Harrop CM. Continued evolution of hospital medicine. Eur J Intern Med. 2019;66:25-26. doi: 10.1016/j.ejim.2019.06.013.

Freed DH. Hospitalists: Evolution, evidence, and eventualities. Health Care Manag. 2004;23:238-56. doi: 10.1097/00126450-200407000-00008.

Portugal. Diário da República n.º 298/1982, 3º Suplemento, Série I de 1982-12-28.Portaria 1223-B/82de 28 de Dezembro

Portugal. Diário da República, 1.a série—N.o 149—3 de Agosto de 2010. Portaria n.o 614/2010 de 3 de Agosto

Kramer MH, Bauer W, Dicker D, Durusu-Tanriover M, Ferreira F, Rigby SP, et al; Working Group on Professional Issues; European Federation of Internal medicine. The changing face of internal medicine: patient centred care. Eur J Intern Med. 2014;25:125-7. doi: 10.1016/j.ejim.2013.11.013.

Tanriover MD, Rigby S, van Hulsteijn LH, Ferreira F, Oliveira N, Schumm-Draeger PM, et al; Working Group on Professional Issues, European Federation of Internal Medicine (EFIM). What is the role of general internists in the tertiary or academic setting? Eur J Intern Med. 2015;26:9-11. doi: 10.1016/j.ejim.2014.11.004.

Fundação Calouste Gulbenkian.Um Futuro para a Saúde – todos temos um papel a desempenhar. Lisbon: FCG; 2016.9. Miller A, Fleet Z. The future of internal medicine: a new curriculum for 2019. Br J Hosp Med. 2018;79:225-8. doi: 10.12968/hmed.2018.79.4.225.

Ordem dos Médicos. Regimento do Colégio da Especialidade de Medicina Interna [consultado março 2021] Disponível em: https://ordemdosmedicos.pt/regimento-do-colegio-da-especialidade-de-medicina-interna/

Ordem dos Médicos. A Medicina Interna e a urgência médica em Portugal [consultado março 2021] Disponível em: [consultado março 2021] Disponível em: https://ordemdosmedicos.pt/a-medicina-interna-e-a-urgencia-medica-em-portugal/

Downloads

Publicado

21-09-2021

Como Citar

1.
Moreira Marques T. Medicina Interna: O Passado, O Presente e O Futuro. A Visão do Interno. RPMI [Internet]. 21 de Setembro de 2021 [citado 4 de Julho de 2022];28(3):299-302. Disponível em: https://revista.spmi.pt/index.php/rpmi/article/view/112

Edição

Secção

Pontos de Vista