Relembrar o botulismo

Autores

  • Isabel Almasqué Assistente Hospitalar Graduada de Oftalmologia do Hospital de Santo António dos Capuchos, Lisboa

Palavras-chave:

Clostridium, botulismo, espo­ro, toxina, acetilcolina, paresia da acomodação, parésia respiratória, diplopia, disfagia

Resumo

A propósito do seu caso pessoal, a autora tece algumas considerações acerca da intoxicação alimentar por toxina botulínica, chamando a atenção para cinco pontos principais: 1) O bo­tulismo não é uma infecção tão rara como se pensa; 2) Está longe de ser uma doença com a mortalidade que geralmente se lhe atribui; 3) O veículo desta intoxicação não se limita às tradi­cionais conservas caseiras ou industriais; 4) É uma doença pouco diagnosticada, não apenas porque o seu diagnóstico é difícil mas sobretudo porque não se pensa nela; 5) Os doentes com botulismo são frequentemente rotulados com outros diagnósticos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Simcock PR, Kelleher S, Dunne JA. Neuro-Ophthalmic findings in hotulism type B. Eye 1994; 8: 646-648.

Mandell, Douglas, Bennett. Principies and Practice of lnfectious Diseases. 2nd. Ed.Jonh Wiley& Sons, 1979. N.Y., USA.

Rohlot P, Roblot F, Fauchere JL, Devilleger A, Marechaud R, Breux JP, Grollier G, Becq-Giraudon B. Retrospective study of 108 cases ofbotulism in Poitiers, France.J Med Microhiol 1994; 40 (6): 379-384.

St.Louis ME, Shaun HS, Peck MB, Bowering D, et al. Botulism from Chopped Garlic: Delayed Recognition of a Major Outtbreak. Ann Intern Med 1988; 108: 363-368.

Simpson LL. Botulinum toxin: a deadly poison sheds its negative image. Ann Intern Med 1996; 125 (7): 558-563.

Troillet N. Epidemie de botulisme ele type B: Sion, Decembre 1993-Janvier 1994. Schweiz Med Wochenschr 1995; 125U9):

-1812.

Seita Verdade Suprema cultivava bactéria mortal. '·A Capital'' 28 Março 1995.

Townes JM, Cieslak PR, Hatheway CL, et al. An Outhreak of Type A Botulism Associated with a Commercial Cheese Sau­ce. Ann Intern Med 1996; 125(7): 558-553.

Beirão M, Vale P, Queirós P. Manifestações neuroftálmicas do botulismo - caso clínico. Rev Soc Port Oftal 1996; XX ( 4): 40-42.

Bennett IC, Plum F. Cecil Textbook of Medicine. 20thEd. Saun­ders, 1996: 1635-1636.

Ficheiros Adicionais

Publicado

31-03-1998

Como Citar

1.
Almasqué I. Relembrar o botulismo. RPMI [Internet]. 31 de Março de 1998 [citado 23 de Julho de 2024];5(1):60-2. Disponível em: https://revista.spmi.pt/index.php/rpmi/article/view/2120

Edição

Secção

Apontamentos Clínicos