Nefropatia de IgA: Um diagnóstico por vezes difícil – Um caso de hipertensão secundária

Autores

  • A. Correia Interno do Complementar de Medicina Interna do Hospital de Santa Maria
  • M. Barbosa Interno do Complementar de Medicina Interna do Hospital de Santa Maria
  • A. Chipepo Interno do Ano Comum do Hospital de Santa Maria
  • A. Jerónimo Interno do Ano Comum do Hospital de Santa Maria
  • A. Lima Interno do Ano Comum do Hospital de Santa Maria
  • G.A. Mendes nterno do Ano Comum do Hospital de Santa Maria
  • L. Menezes Falcão Hospital de Santa Maria; Faculdade de Medicina de Lisboa
  • L. Ravara Serviço de Medicina I do Hospital de Santa Maria; Faculdade de Medicina de Lisboa

Palavras-chave:

nefropatia de IgA, doença de Berger, hipertensão arterial, depósitos de IgA, transplante renal

Resumo

A nefropatia de IgA ou doença de Berger é a causa mais frequente
de glomerulonefrite primária no mundo, embora de etiologia
ainda obscura e alvo de activa investigação. A sua forma de
apresentação é muito variável e facilmente passível de ser confundida com outras doenças, o que se verificou no caso clínico
a que nos reportamos.
Tipicamente existe hematúria macroscópica recorrente na
sequência de uma infecção respiratória alta.Na maioria dos doentes chega-se ao diagnóstico aquando da investigação de uma
hematúria microscópica assintomática e/ou proteinúria ligeira.
Trata-se de uma situação clínica que representa uma das
etiologias de hipertensão arterial secundária particularmente em idades mais jovens.
Em cerca de 50% dos doentes verifica-se uma instalação
progressiva de insuficiência renal terminal com dependência
de hemodiálise. O diagnóstico precoce condiciona um melhor prognóstico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Kasper D L et al. Disorders of the kidney and urinary tract . In Harrison´s Principles of Internal Medicine 16th edition. New York: Mc Graw Hill

:1674-1694.

Varrelli M. Chronic renal Failure. Emedicine. 2006.

Fervenza F, Texlor S. Hipertensive Nephropathy. Emedicine. 2007.

Soman S, Soman A. Diabetes Nephropathy. Emedicine. 2006.

Lawrence M, Tierney Jr. Current Medicinal Diagnosis & Treatment. Mc Graw Hill. 2007; 22:922-953.

Donadio J V , Grande J P. IgA Nephropathy. N Engl J Med 2002; 347:738-748.

Brake M. IgA Nephropathy. Emedicine. 2007

Barratt J, Feehally J. Causes and diagnosis of IgA Nephropathy 2007 <http://www.uptodateonline.com>.

Bossart P. Henoch-Schönlein Purpura. Emedicine 2006.

Tanna N. Wegener Granulomatosis. Emedicine 2007.

Cattran DC., Appel GB. Treatment and prognosis of IgA Nephropathy 2007 <http://www.uptodateonline.com>.

Prontuário terapêutico online. 2007. <http://www.infarmed.pt>

Macário F. Relatório do Registo Nacional de transplantação renal 1980-2006. 2007

Ficheiros Adicionais

Publicado

30-09-2009

Como Citar

1.
Correia A, Barbosa M, Chipepo A, Jerónimo A, Lima A, Mendes G, Menezes Falcão L, Ravara L. Nefropatia de IgA: Um diagnóstico por vezes difícil – Um caso de hipertensão secundária. RPMI [Internet]. 30 de Setembro de 2009 [citado 17 de Julho de 2024];16(3):164-9. Disponível em: https://revista.spmi.pt/index.php/rpmi/article/view/1415

Edição

Secção

Casos Clínicos