Das ervilheiras de Mendel à dupla hélice de Watson e Crick

Autores

  • A. J. Barros Veloso Médico

Palavras-chave:

genética, dupla hélice, ADN, Morgan, Avery, Watson, Crick, Pauling, “grupo do fago”

Resumo

O A. expõe a sua visão pessoal acerca dos 53
anos da história da genética (1900-1953) que culminaram no modelo da dupla hélice proposto por Watson e Crick.
Tomando como ponto de partida a redescoberta das leis de Mendel em 1900, faz uma descrição das contribuições de Morgan, Avery, Pauling e do “grupo do fago” liderado por Max
Delbrück, para a construção da genética moderna. Neste relato, são particularmente realçadas as relações entre a física quântica e o nascimento da biologia molecular

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Gorny, P. L’Aventure de la Medicine. JClattés, 1991

Jacob, La Logic du vivant. Gallimard, 1976

Lambert, G. La Légende des Gènes. Dunod, Paris, 2003

Malterre, A. Apprenti-sorcier, Homme-Dieu? In Éthique et Génétique. L’Harmattan, 2000

Morange, M. Histoire de la Biologie Moléculaire. La Découverte/Poche 1994

Olby, R. Quiet debut for the double helix. Nature 2003; 421: 402

Watson, J. A dupla hélice. Gradiva, 2003

Ficheiros Adicionais

Publicado

30-09-2003

Como Citar

1.
Barros Veloso AJ. Das ervilheiras de Mendel à dupla hélice de Watson e Crick. RPMI [Internet]. 30 de Setembro de 2003 [citado 19 de Junho de 2024];10(3):115-22. Disponível em: https://revista.spmi.pt/index.php/rpmi/article/view/1811

Edição

Secção

Autor Convidado