Pneumonite por amiodarona -um caso clínico

Autores

  • Nuno Germano Interno do Internato Complementar de Medicina Interna, Serviço de Medicina e Doenças Infecciosas Hospital de Curry Cabral, Lisboa
  • Maria do Carmo Catarino Assistente Hospitalar de Medicina Interna, Serviço de Medicina e Doenças Infecciosas Hospital de Curry Cabral, Lisboa
  • Rogélia Paula Mendonça Assistente Hospitalar de Medicina Interna Serviço de Medicina e Doenças Infecciosas Hospital de Curry Cabral, Lisboa

Palavras-chave:

amiodarona, pneumonite de hipersensibilidade

Resumo

A amiodarona é um fármaco anti-arrítmico com muitos
efeitos adversos, apesar da dose habitual de manutenção ser
baixa (200 mg/dia). Dos efeitos adversos menos frequentes destaca-se a pneumonite de hipersensibilidade, pela sua
gravidade que motiva interrupção da terapêutica, podendo,
inclusive, conduzir à morte.
Apresentamos um caso clínico de um doente que, estando
submetido, há cerca de um ano, a terapêutica com amiodarona, desenvolveu um quadro clínico de pneumonite de
hipersensibilidade.
Efectuou-se tratamento com suspensão da amiodarona e
corticosteróides sistémicos, devido à gravidade das lesões
pulmonares. A evolução clínica foi óptima, com regressão
quase completa das lesões pulmonares.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Podrid PJ. Amiodarone: reevaluation of an old drug. Ann Intern Med 1995;122:689-700.

Daniel H. Miller MA. Parker R. Doering P. Pieper JA. Optimal management of amiodarone therapy: efficacy and side effects. Pharmacotherapy 1998; 18(6 Pt 2): 138S-145S.

Ben-Noun. Drug-induced respiratory disorders: incidence, prevention and management. Drug Saf 2000; 23(2):143-164.

Miller JM. Zipes DP. Management of the patient with cardiac arrhythmias. In: Braunwald E. Zipes DP. Libby P. eds. Heart Disease: a textbook

of cardiovascular medicine. Philadelphia: W.B. Saunders Company 2001: 700-766

Ficheiros Adicionais

Publicado

29-03-2002

Como Citar

1.
Germano N, Catarino M do C, Mendonça RP. Pneumonite por amiodarona -um caso clínico. RPMI [Internet]. 29 de Março de 2002 [citado 22 de Junho de 2024];9(1):28-30. Disponível em: https://revista.spmi.pt/index.php/rpmi/article/view/1844

Edição

Secção

Casos Clínicos

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)