Caso Clínico de Trombose Venosa Cerebral Profunda Idiopática

Autores

  • Cristina Andrade Serviço de Medicina Interna 2 Centro Hospitalar Tondela-Viseu, E. P. E.
  • Adelino Carragoso Serviço de Medicina Interna 2 Centro Hospitalar Tondela-Viseu, E. P. E.
  • Marina Bastos Serviço de Medicina Interna 2 Centro Hospitalar Tondela-Viseu, E. P. E.

DOI:

https://doi.org/10.24950/rspmi.877

Palavras-chave:

Trombose Intracraniana, Trombose Venosa

Resumo

A trombose venosa cerebral (TVC), causa rara de isquémia cerebral, é uma situação clínica grave e com grande potencial de
morbi-mortalidade. Está associada a causas infeciosas, hormonais, estados de hipercoagulabilidade, desidratação, toma de anticoncetivos orais, neoplasias, entre outras. Clinicamente, a TVC tem um grande espetro de manifestações, sendo a cefaleia a manifestação mais frequente. O diagnóstico é feito pelos exames de imagem. Os autores apresentam um caso de uma mulher de 79 anos, que se apresentou com cefaleias e sonolência com um dia
de evolução. Ao exame objetivo estava sonolenta e hemiparética à esquerda. A tomografia computorizada crânio-encefálica revelou trombose aguda do sistema venoso profundo. Foi medicada
com enoxaparina subcutânea, com introdução posterior de varfarina. Procedeu-se à extensa pesquisa das possíveis causas de
trombose que se revelaram todas negativas, pelo que se considerou tratar-se de TVC idiopática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Christo PP, Carvalho GM, Neto AP. Cerebral venous sinus thrombosis: study of fifteen cases and literature review. Rev Assoc Med Bras.

; 56:288-92.

Ferro JM, Canhão P, Stam J, Bousser MG, Barinagarrementeria F and ISCVT Investigators. Prognosis of cerebral vein and dural sinus

thrombosis: results of the International Study on Cerebral Vein and Dural Sinus Thrombosis (ISCVT). Stroke. 2004; 35: 664-70.

Dlaminia N, Billinghurst L, Kirkhamb FJ. Cerebral venous sinus (Sinovenous) thrombosis in children. Neurosurg Clin N Am. 2010, 21: 511–27.

Takekawa H, Tanaka H, Ogawa T, Niijima Y, Sada T, Daimon Y, et al. Usefulness of echo-planar T2 susceptibility-weighted imaging for

reliable diagnosis of cerebral venous sinus thrombosis. Intern Med 2008, 47: 2101-2.

Camargo ECS, Bacheschi LA. Trombose venosa cerebral: Como identificá-La? Rev Assoc Med Bras. 2001; 47: 269-95.

Milano JB, Arruda WO, Nikosky JG, Meneses MS, Ramina R. Trombose de seio venoso cerebral e trombose sistêmica associadas

à mutação do gene 20210 da protrombina. Arq Neuropsiquiatr. 2003; 61: 1042-44.

Röther J, Weiller C. A case of unilateral deep cerebral venous thrombosis. J Neurol 1999; 246: 1096–97.

Kamouchi M, Wakugawa Y, Okada Y, Kishikawa K, Matsuo R, Toyoda K, et al. Venous infarction secondary to septic cavernous

sinus thrombosis. Intern Med. 2005, 45: 25-27.

Kanazawa K, Takubo H, Nakamura Y, Ida M. Cerebral venous thrombosis with elevated factor VIII. Intern Med, 2010; 49: 1461-62.

Cunha LP, Gonçalves ACP, Moura FC, Monteiro MLR. Perda visual bilateral grave como sinal de apresentação de trombose de seio

venoso cerebral: Relato de caso. Arq Bras Oftalmol. 2005; 68: 533-7.

Furie KL, Kasner SE, Adams RJ, Albers GW, Bush RL, Fagan SC, et al. Guidelines for the prevention of stroke in patients with stroke

or transient ischemic attack: A guideline for healthcare professionals from the American Heart Association/American Stroke Association.

Stroke 2011; 42: 227-76.

Ficheiros Adicionais

Publicado

31-03-2015

Como Citar

1.
Andrade C, Carragoso A, Bastos M. Caso Clínico de Trombose Venosa Cerebral Profunda Idiopática. RPMI [Internet]. 31 de Março de 2015 [citado 24 de Abril de 2024];22(1):26-9. Disponível em: https://revista.spmi.pt/index.php/rpmi/article/view/877

Edição

Secção

Casos Clínicos

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)