Neurosífilis - Dois casos clínicos

Autores

  • Ana Ribeiro Serviço de Neurologia do Hospital Distrital de Faro
  • Alexandra Z. Melo Serviço de Doenças Infecciosas do Hospital de Santa Maria, Lisboa
  • Luís Afonso Serviço de Neurologia do Hospital Distrital de Faro
  • Joana Quaresma Serviço de Doenças Infecciosas do Hospital de Santa Maria, Lisboa

Palavras-chave:

sífilis, neurosífilis, VIH

Resumo

Nos primeiros anos do século 20 a sífilis era a causa principal de doença cardiovascular e neurológica. Após a introdução da penicilina no tratamento desta doença, a incidência do envolvimento do sistema nervoso central - neurosífilis, diminuiu radicalmente. No entanto, nas últimas décadas, com o apareci­mento da infecção pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (VIH) assistimos a um aumento significa­ tivo de novos casos.

Através da descrição de dois casos de neurosífilis que representam o paradigma da situação actual, isto é, presença ou não de co-infecção a VIH, os autores procuram evidenciar as diferenças existentes entre estes dois grupos de doentes, nomeadamente: história natural da doença, frequência de quadros clínicos sintomáticos, formas clínicas atípicas, dificuldades no diagnóstico, falências da terapêutica habitual.

Insistem nas dificuldades, ainda hoje existentes, no diagnóstico de envolvimento do sistema nervoso central e na necessidade de se desenvolver testes com alta sensibilidade e especificidade para a neurosífilis como a Polymerase Chain Reaction (PCR) ou anticorpos monoclonais específicos contra o Treponema pallidum.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Edmund C. Tramonl. Treponema (Syphilis) in Gerald L., M. Gordon Douglas. Jr. Jonhn E. Benhett. Principies and Practice of lnfectious Diaseases, 3'ed, Churchill Livingston 1990; 2117 - 2132.

Maria Dei Mar Sáes de Ocariz. Juan A. Nader. Oscar H. Del Brutto, José A. Santos Zambrano. Cerebrovascular Complications of Neurosyphilis: The Return of an Old Problem. Cerebrovasc Dis 1996: 6: 195 - 201.

John Watt. Syphilis. Neurological lnfetions, Editorial Team, W.B.. Sanders, 1989:517 - 531.

Myrray, Drew, Kobayasstti, Thompson. Treponema, Borrélia and Leptospira. Medical Microbiology, The C.V. Mosby Company 1990; 12: 23 I - 238.

Isabel Santana, Sílvia Lopes, Freire Gonçalves, Luis Cunha. Neurosífilis (revisão de 17 casos) Rev Por! 1992; 1- 2: 49 -56.

Josefh R. Berger, Neurosyphilis.in Johnson,R.,Current Therepy in Neurologic Disease, (3),B.C.Decker lnc.,Toronto-Philadelphia 1987: 143 - 147.

Edward W. Hook III. and Chrsitina M. Marra. Acquired Syphilis in Adults. New Eng J Med 1992; 16:1060 - 1069.

Christina Marra, Neurologic Manifestations of Syphilis and Lyme Disease. Current Opinion in Infectious Diseases I 990; 3: 603 - 607.

Gavin Hart MPH. Syphilis Test in Diagnosis and Therapeutic Decision Making. Ann lntern Med 1986; 104: 368 - 376.

Ficheiros Adicionais

Publicado

30-06-2000

Como Citar

1.
Ribeiro A, Melo AZ, Afonso L, Quaresma J. Neurosífilis - Dois casos clínicos. RPMI [Internet]. 30 de Junho de 2000 [citado 21 de Abril de 2024];7(2):92-8. Disponível em: https://revista.spmi.pt/index.php/rpmi/article/view/1986

Edição

Secção

Casos Clínicos

Artigos Similares

Também poderá iniciar uma pesquisa avançada de similaridade para este artigo.

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)