Cuidados Paliativos na Insuficiência Cardíaca Avançada: A Experiência de uma Equipa Intra-Hospitalar de Suporte Em Cuidados Paliativos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24950/rspmi/original/150/1/2019

Palavras-chave:

Cuidados Paliativos, Insuficiência Cardíaca

Resumo

Introdução: A insuficiência cardíaca surge na maioria das doenças cardíacas crónicas, associando-se a elevada morbilidade
e mortalidade, bem como, má qualidade de vida. Na sua fase
avançada, os doentes beneficiam duma abordagem integrada
dos cuidados paliativos. Este estudo pretendeu avaliar a intervenção de uma Equipa Intra-hospitalar de Suporte de Cuidados
Paliativos (EIHSCP) em doentes internados com insuficiência
cardíaca avançada, identificando as principais necessidades
e áreas de ação.
Material e Métodos: Análise retrospetiva dos registos clínicos
dos doentes internados com insuficiência cardíaca, num hospital universitário, nos primeiros 5 anos após constituição da
EIHSCP.
Resultados e Discussão: Foram observados 60 doentes, representando 0,5% (n = 12007) do total de doentes internados com
insuficiência cardíaca, com uma sobrevida até 30 dias após observação pela EIHSCP de 41,7% (n = 25). Os principais motivos
de pedido foram o apoio no controlo de sintomas (83,3%, n = 50)
e na organização de cuidados (83,3%, n = 50). A dispneia foi o
sintoma não controlado mais prevalente (75,0 %, n= 45). A intervenção da EIHSCP ocorreu a nível terapêutico, com intervenção
farmacológica em quase todos os doentes (88,3%, n = 53) e
não farmacológica em 46,7% (n = 28); através de conferências
familiares, realizadas em 43,3% (n = 26) dos doentes, com necessidade de abordagem direta pelo Serviço Social no mesmo
número, e 5,0% (n = 3) dos doentes foram alvo de abordagem
psicológica/psiquiátrica. Foi ainda requerido apoio na tomada
de decisão em situações tão diversas como a de suspensão terapêutica ou sobre questões alimentares.
Conclusão: O grupo de doentes observados confirmou necessidades paliativas complexas pela elevada carga sintomática
identificada e diversidade de intervenções realizadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Solano JP, Gomes B, Higginson IJ. A comparison of symptom prevalence in far advanced cancer, AIDS, heart disease, chronic obstructive pulmonary disease and renal disease. J Pain Symptom Manage. 2006;31:58- 69. doi: 10.1016/j.jpainsymman.2005.06.007.

World Health Organization [homepage na Internet] [consultado 2017 Mar 15] Disponíel em: http://www.who.int/cancer/palliative/definition/en/

World Health Organization [homepage na Internet] [consultado 2017 Mar 15] http://apps.who.int/gb/ebwha/pdf_files/WHA67/A67_R19-en.pdf

Formiga F López-Soto A, Navarro M, Riera-Mestre A, Bosch X, Pujol R.. Hospital deaths of people aged 90 and over: end-of-life palliative care management. Gerontology. 2008;54:148-52. doi: 10.1159/000135201.

Formiga F, López-Soto A, Navarro M, Riera-Mestre A, Bosch X, Pujol R. End-of-life preferences in eldery patients admitted for heart failure. Quart J Med. 2004;97:803-8.

Goodlin SJ. Palliative Care in congestive heart failure. J Am Coll Cardiol. 2009;54.386-96. doi: 10.1016/j.jacc.2009.02.078.

Hunt SA, Baker DW, Chin MH, Cinquegrani MP, Feldman AM, Francis GS, et al. ACC/AHA guidelines for the evaluation and management of chronic heart failure in the adult. Executive summary. A report of the American College of Cardiology/American Heart Association Task Force on Practice Guidelines (Committee to revise the 1995 Guidelines for the Evaluation and Management of Heart Failure). J Am Coll Cardiol. 2001 ;38:2101-13.

Ponikowski P, Voors AA, Anker SD, Bueno H, Cleland JGF, Coats AJS, et al. 2016 ESC Guidelines for the diagnosis and treatment of acute and chronic heart failure: The Task Force for the diagnosis and treatment of acute and chronic heart failure of the European Society of Cardiology. Developed with the special contribution of the Heart Failure Association of the ESC. Eur Heart J. 2016;37:2129-200. doi: 10.1093/eurheartj/ehw128.

Pocock SJ, Ariti CA, McMurray JJV, Maggioni A, Kober L, Squire IB, et al. Predicting survival in heart failure: a risk score based on 39 372 patients from 30 studies. Eur Heart J. 2013;34: 1404–13. doi: 10.1093/eurheartj/ ehs337.

Rahimi K, Bennett D, Conrad N, Williams TM, Basu J, Dwight J, et al. Risk prediction in patients with heart failure. JACC Heart Fail. 2014;2:440–6. doi: 10.1016/j.jchf.2014.04.008

Ouwerkerk W, Voors AA, Zwinderman AH. Factors influencing the predictive power of models for predicting mortality and/or heart-failure hospitalization in patients with heart failure. JACC Heart Fail. 2014;2:429–36. doi: 10.1016/j.jchf.2014.04.006.

Miriam J, Martin B. The relationship between two performance scales: New York Association classification and Karnofsky performance status scale. J Pain Symptom Manage. 2014;47:652-8. doi: 10.1016/j. jpainsymman.2013.05.006.

Comissão Nacional de Cuidados Paliativos. Plano Nacional Estratégico de Cuidados Paliativos Biénio 2017-2018. [Acedido em 30 de setembro de 2018] Disponível em: https://www.sns.gov.pt/sns/cuidados-paliativos/ plano-estrategico-iniciativas-e-acoes-em-curso/

Goodlin SJ, Hauptman PJ, Arnold R, Grady K, Hershberger RE, Kutner J, et al.. Consensus statement: palliative and supportive care in advanced heart failure. J Card Fail. 2004;10:200–9.

Jaarsma T, Beattie JM, Ryder M, Rutten FH, McDonagh T, Mohacsi P, et al. Palliative Care in heart failure: a position statement from the palliative care workshop of the Heart Failure Association of the European Society of Cardiology. Eur J Heart Fail. 2009;11:433-43. doi: 10.1093/eurjhf/hfp041.

Sudore RL, Fried TR. Redefining the “planning” in advanced care planning: preparing for end-of-life decision making. Ann Intern Med. 2010; 153:256-61. doi: 10.7326/0003-4819-153-4-201008170-00008.

Godlin SJ. Palliative Care in congestive heart failure. J Am Coll Cardiol. 2009; 54: 386-96. doi: 10.1016/j.jacc.2009.02.078.

Gelot S, Nakhla E, Tuck H. Review of opioid use in palliative care patients with refractory dyspnea. Austin J Pharmacol Ther. 2013; 1: 1002.

Whellan D, Goodlin S, Dockinson M. End-of-life care in patients with heart failure. J Card Fail. 2014 ;20:121-34. doi: 10.1016/j.cardfail.2013.12.003.

Theander K, Hasselgren M, Luhr K, Eckerblad J, Unosson M, Karlsson I. Symptoms and impact of symptoms on function and health in patients with chronic obstrutive pulmonary disease and chronic heart failure in primary care. Int J Chron Obstruct Pulmon Dis. 2014;9:785-94. doi: 10.2147/ COPD.S62563

Downloads

Publicado

15-03-2019

Como Citar

1.
Vieira Silva S, Oliveira A, Barbedo I, Mirra J, Santos M, Alves J, Freire E. Cuidados Paliativos na Insuficiência Cardíaca Avançada: A Experiência de uma Equipa Intra-Hospitalar de Suporte Em Cuidados Paliativos. RPMI [Internet]. 15 de Março de 2019 [citado 7 de Fevereiro de 2023];26(1):33-9. Disponível em: https://revista.spmi.pt/index.php/rpmi/article/view/360

Edição

Secção

Artigos Originais

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)