Fatores Associados a Lesão Renal Aguda na Pneumonia Adquirida na Comunidade: Desenvolvimento de um Modelo Clínico Probabilístico

Autores

  • Carolina Teles Serviço de Medicina Interna, Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra; Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra https://orcid.org/0000-0001-7992-6831
  • Ana Magalhães Serviço de Medicina Interna, Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra; Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
  • Tiago Dias da Costa Serviço de Medicina Interna, Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra
  • Cátia Barra Serviço de Medicina Interna, Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra
  • Ana Luísa Silva Serviço de Cardiologia, Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra
  • Fernando Albuquerque Serviço de Reumatologia, Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra
  • Elsa Gaspar Serviço de Medicina Interna, Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra; Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
  • Lèlita Santos Serviço de Medicina Interna, Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra; Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra https://orcid.org/0000-0002-0761-5097

DOI:

https://doi.org/10.24950/rspmi.1401

Palavras-chave:

Infecções Comunitárias Adquiridas/ complicações, Lesão Renal Aguda/diagnóstico, Lesão Renal Aguda/etiologia, Pneumonia/complicações, Prognóstico

Resumo

Introdução: A lesão renal aguda (LRA) é uma complicação frequente da pneumonia adquirida na comunidade (PAC).
No entanto, a fisiopatologia subjacente não está totalmente
esclarecida. Certos fatores têm-se mostrado associados ao
aumento do risco, embora ainda existam poucos dados disponíveis. O principal objetivo deste estudo era identificar fatores associados a LRA na PAC.

Material e Métodos: Estudo retrospetivo em doentes com
PAC confirmada, internados num serviço de Medicina Interna no período de 1 ano, apresentando ou não LRA à admissão.
Realizada estatística comparativa entre os doentes sem e com LRA, regressão logística univariada e multivariável com cálculo de odds ratio (OR), e análise de sobrevivência.

Resultados: Foram incluídos 578 doentes, 52,4% do sexo
masculino, com idade média de 81,70±11,54 anos, e 41,3% tinham LRA. A idade média era mais elevada no grupo com LRA (p<0,001), sem diferenças no sexo. Na análise univariada, várias comorbilidades, fármacos, pressão arterial diastólica (PAD) e alguns parâmetros gasométricos mostraram associação com a LRA. A análise multivariável selecionou sete variáveis como fatores associados independentes: idade (OR 1,027), hiperuricémia (OR 1,990), doença renal crónica (OR 3,138), diurético (OR 1,555), estatina (OR 1,805), PAD (OR 0,978) e lactato sérico (OR 1,350), permitindo a construção de um modelo probabilístico de LRA com especificidade de 81,1%.

Conclusão: Este estudo confirmou achados prévios e
identificou novos fatores associados a LRA, nomeadamente
o lactato sérico. O modelo multivariável constitui um ponto de partida na criação de verdadeiros índices preditores de LRA na PAC com aplicabilidade clínica e impacto na abordagem terapêutica e prognóstico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Akram AR, Singanayagam A, Choudhury G, Mandal P, Chalmers JD, Hill AT. Incidence and prognostic implications of acute kidney injury on admission in patients with community-acquired pneumonia. Chest. 2010;138:825–32. doi: 10.1378/chest.09-3071.

Rodrigues AM, Gregório MJ, Sousa RD, Dias SS, Santos MJ, Mendes JM, et al. Challenges of ageing in Portugal: Data from the EpiDoC cohort. Acta Med Port. 2018;31:80–93. doi: 10.20344/amp.9817.

Froes F. Morbilidade e mortalidade da pneumonia adquirida na comunidade no adulto, em Portugal. Acta Med Port. 2013;26:644–5.

Viasus D, Cillóniz C, Cardozo CG, Puerta P, Garavito A, Torres A, et al. Early, short and long-term mortality in community-acquired pneumonia. Ann Res Hosp. 2018;2:5. doi: 10.21037/arh.2018.04.02.

Murugan R, Karajala-Subramanyam V, Lee M, Yende S, Kong L, Carter M, et al. Acute kidney injury in non-severe pneumonia is associated with an increased immune response and lower survival. Kidney Int. 2010;77:527–35. doi: 10.1038/ki.2009.502.

Chawla LS, Amdur RL, Faselis C, Li P, Kimmel PL, Palant CE. Impact of Acute Kidney Injury in Patients Hospitalized with Pneumonia. Crit Care Med. 2017;45:600–6. doi: 10.1097/CCM.0000000000002245.

Poston JT, Koyner JL. Sepsis associated acute kidney injury. BMJ 2019;364:1–17. doi: 10.1136/bmj.k4891.

Schrier RW, Wang W. Mechanisms of disease: Acute renal failure and sepsis. N Engl J Med. 2004;351:159-69. doi: 10.1056/NEJMra032401.

Jain A, McDonald HI, Nitsch D, Tomlinson L, Thomas SL. Risk factors for developing acute kidney injury in older people with diabetes and community-acquired pneumonia: a population-based UK cohort study. BMC Nephrol. 2017;18:1–16. doi: 10.1186/s12882-017-0566-x.

Chen D, Yuan H, Cao C, Liu Z, Jiang L, Tan Y, et al. Impact of acute kidney injury on in-hospital outcomes in Chinese patients with community acquired pneumonia. BMC Pulm Med. 2021;21:1–7. doi: 10.1186/s12890-021-01511-9.

Murugan R, Weissfeld L, Yende S, Singbartl K, Angus DC, Kellum JA. Association of statin use with risk and outcome of acute kidney injury in Community-acquired pneumonia. Clin J Am Soc Nephrol. 2012;7:895–905. doi: 10.2215/CJN.07100711.

Kellum JA, Lameire N, Aspelin P, Barsoum RS, Burdmann EA, Goldstein SL, et al. Kidney disease: Improving global outcomes (KDIGO) acute kidney injury work group. KDIGO clinical practice guideline for acute kidney injury. Kidney Int Suppl. 2012;2:1–138.

Singbartl K, Bishop JV, Wen X, Murugan R, Chandra S, Filippi MD, et al. Differential effects of kidney-lung cross-talk during acute kidney injury and bacterial pneumonia. Kidney Int. 2011;80:633–44. doi: 10.1038/ki.2011.201.

Lin TY, Chen YG, Lin CL, Kao CH. Increased Risk of Acute Kidney Injury following Pneumococcal Pneumonia: A Nationwide Cohort Study. PLoS One. 2016;11:e0158501. doi: 10.1371/journal.pone.0158501

Downloads

Publicado

29-06-2023

Como Citar

1.
Teles C, Magalhães A, Dias da Costa T, Barra C, Silva AL, Albuquerque F, Gaspar E, Santos L. Fatores Associados a Lesão Renal Aguda na Pneumonia Adquirida na Comunidade: Desenvolvimento de um Modelo Clínico Probabilístico. RPMI [Internet]. 29 de Junho de 2023 [citado 25 de Junho de 2024];30(2):73-80. Disponível em: https://revista.spmi.pt/index.php/rpmi/article/view/1401

Edição

Secção

Artigos Originais

Categorias

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)

1 2 3 > >>