DNR A Decisão de Não Reanimar

Autores

DOI:

https://doi.org/10.24950/P.Vista/277/19/2/2020

Palavras-chave:

Diretivas Antecipadas de Vontade, Decisão de Não Reanimar

Resumo

A Decisão de Não Reanimar (DNR) é uma prescrição médica justificada em situações de fim de vida / morte iminente na qual se estabelece que, num doente bem identificado, não deve ser iniciada, nem tentada a reanimação cardiorrespiratória em caso de paragem cardiorrespiratória acontecida ou iminente. A decisão deve ser deliberada com o doente e pessoas significativas e tem a intenção de respeitar os desejos da pessoa e minorar o seu sofrimento. A DNR aplica-se a situações de paragem cardiorrespiratória deve ser integrada num plano individual e integrado de cuidados ajustado à pessoa, à sua circunstância e ao momento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Carneiro AH, Carneiro R, Simões C-. Termos e conceitos na relação clínica. Rev Soc Port Med Interna. 2018;25: 157-64.

Boller M. Celebrating the 50th anniversary of cardiopulmonary resuscitation: from animals to humans...and back? J Vet Emerg Crit Care. 2010;20:553- 7. doi: 10.1111/j.1476-4431.2010.00593.x.

Kouwenhoven WB, Jude JR, Knickerbocker GG. Closed-chest cardiac massage. J Am Med Assoc. 1960; 173:1064–7.

Monsieurs KG, Nolan JP, Bossaert LL, Greif R, Maconochie IK. European Resuscitation Council Guidelines for Resuscitation 2015 Section 1. Executi- ve summary. Resuscitation.2015; 95:1–80.

Valenzuela TD, Roe DJ, Nichol G, Clark LL, Spaite DW, Hardman RG. Out- comes of rapid defibrillation by security officers after cardiac arrest in casi- nos. N Engl J Med. 2000 ;343:1206-9.

Bossaert LL, Perkins GD, Askitopoulou H, Raffay VI, Greif R, from ethics of resuscitation and end-of-life decisions section Collaborators European Re- suscitation Council Guidelines for Resuscitation 2015: Section 11. The ethics of resuscitation and end-of-life decisions. Resuscitation. 2015;95:302-11

Fritz Z, Slowthe AM, Perkins GD, Resuscitation policy should focus on the patient, not the decision. BMJ.2017;356:j813

Rosoff PM, Schneiderman LJ. Irrational Exuberance: Cardiopulmonary Re- suscitation as Fetish. Am J Bioethics. 2017; 17: 26-34.

Scottish Government. Integrated Adult Policy... Published by the Scottish Government, May 2010, Reviewed August2016 Scottish Government, 2016. Do Not Attempt Cardiopulmonary Resuscitation: integrated adult policy in [accessed Dec 2019] Available from: http://www.gov.scot/resour- ce/0050/00504976.pdf

Nevidjon B, Mayer D - “Death is not an option, how you die is - Reflections From a Career. Oncol Nursing Nurs Econ. 2012;30:148-52.

Carneiro R, Simões C, Carneiro AH. PIIC – Plano Individual e Integrado de Cuidados Rev Soc Port Med Interna. 2019;26: 147-52.

National Gold Standards Framework (GSF) Centre in End of Life Care – [ac- cessed Dec 2019] Available from:http://www.goldstandardsframework.org. uk/

Gracia D. Ethical case deliberation and decision making. Med Health Care Philosophy. 2003; 6: 227-33.

Gracia D. La Deliberación como método de la Ética, Diego Gracia in “Ética dos fundamentos à prática” Abril de 2017, pg 145-63 da Ética Aplicada, coleção coordenada por Ma do Céu Patrão. Coimbra: Edições 70, grupo Almedina; 2017.

Cook D, Graeme R. Dying with Dignity in the Intensive Care Unit. New Engl J Med. 2014; 370:26.16. Código Penal, LIVRO II - Parte especial; TÍTULO I - Dos crimes contra as pessoas - CAPÍTULO III - Dos crimes contra a integridade física - Artigo 150.o - Intervenções e tratamentos médico-cirúrgicos

Código deontológico da OM - Regulamento n.o 707/2016 Regulamento de Deontologia Médica in Diário da República, 2.a série — N.o 139 — 21 de julho de 2016

Ananias J, Magalhães L, Ribeiro S, Ferreira B, Carneiro R, Martins A, Revisão da mortalidade de doentes cuidados pela Medicina Interna de um hospital privado. Comunicação Oral no 4o Congresso Nacional de Medicina da Luz Saúde, 2016

Downloads

Publicado

05-12-2021

Como Citar

1.
H. Carneiro A, Carneiro R. DNR A Decisão de Não Reanimar. RPMI [Internet]. 5 de Dezembro de 2021 [citado 4 de Julho de 2022];27(2):169-73. Disponível em: https://revista.spmi.pt/index.php/rpmi/article/view/164

Edição

Secção

Pontos de Vista

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)