Para aonde vai a Medicina Interna?

Autores

  • A. de Oliveira Soares Assistente Hospitalar Graduado de Medicina Interna, Hospital de Santa Maria, Lisboa

Palavras-chave:

novos médicos, medicina interna

Resumo

O interesse decrescente de jovens médicos pela especialização em Medicina Interna é sintomático duma crise que afecta este ramo da prática médica. Comentam-se algumas hipóteses explicativas do declínio do tronco basilar da clínica e levantam-se interrogações sobre o futuro da especialidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Fox T. cit. Por Dunning AJ. Status of the doctor - present and future. Lancet 1999: 354 Suppl. S IV.

Oskr W. The master-word in medicine. ln : Aequanimitas With Other Addresses 10 Medical Students. Nurses and Practitioners oi Medicine. Philadelphia . P Blahkinston's Son & Co : 1904: 363-388.

Oskr W. The student life. ln : Aequanimitas With Other Adresses to Medical Students. Nurses and Practitioners of Medicine. Philadelphia: P Blahkinston's Son & Co: 1906:413-443

Brown T. cit. Por Strauss MB. Familiar Medical Quotations - Boston: Little. Brown & Co: 1968 : 406

Mac Nalty A. cit. Por Cushing H. The Life of Sir William Osler. Oxford: Clarendon Press: 1925: II

Gourevitch D. The history of medical teaching. Lancet 1999: 354 Suppl. S IV.

Ficheiros Adicionais

Publicado

30-06-2000

Como Citar

1.
de Oliveira Soares A. Para aonde vai a Medicina Interna?. RPMI [Internet]. 30 de Junho de 2000 [citado 14 de Julho de 2024];7(2):131-3. Disponível em: https://revista.spmi.pt/index.php/rpmi/article/view/1991

Edição

Secção

Pontos de Vista

Artigos Similares

Também poderá iniciar uma pesquisa avançada de similaridade para este artigo.