Internistas e Doenças Auto-imunes: Registo Nacional

Autores

  • Tiago Tribolet de Abreu Assistente Eventual de Medicina Interna, Serviço de Medicina 2, Hospital do Espírito Santo-Évora
  • Nuno José Silva *Interno do Internato Complementar de Medicina Interna, Serv. de Med. II, HUC.
  • Deolinda Portelinha Assistente Graduada de Medicina Interna, Serv. de Med., Centro Hosp. de Coimbra.
  • Eugénia Santos Assistente Hospitalar de Medicina Interna, Serv. de Med. 1, Hosp. Egas Moniz
  • Helena Brito *Assistente Hospitalar de Medicina Interna, Serv. de Med. 2, Hosp. Distrital de Faro.
  • Maria João Barros Assistente Graduada de Medicina Interna, Serv. de Med. 2, Hosp. de Curry Cabral
  • Paulo Barbosa Assistente de Medicina Interna, Serv. de Med. 2, Hosp. Geral de Santo António SA
  • Luís Campos Chefe de Serviço, Coordenador do Núcleo de Estudos de Doenças Auto-imunes da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna

Palavras-chave:

doenças autoimunes, artrite reumatóide, lupus, sjögren, medicina interna, anti-TNF

Resumo

Introdução: O carácter sistémico das doenças auto-imunes, aliado
à difi culdade diagnóstica que por vezes apresentam, tornam-nas
patologias tipicamente do foro da Medicina Interna. Apesar de
se conhecer que muitos internistas portugueses se dedicam de
forma especial à abordagem diagnóstica e terapêutica deste tipo
de patologia, desconhece-se a extensão real dessa actividade,
bem como a sua distribuição pelo território nacional.
Métodos: Integrando o plano de actividades do Núcleo de
Estudos de Doenças Auto-imunes (NEDAI) da Sociedade Portuguesa de Medicina Interna, foi realizado um inquérito, enviado
por correio para os 118 serviços de Medicina Interna registados
na Sociedade Portuguesa de Medicina Interna, inquirindo dados
referentes à dimensão e caracterização da actividade de cada
serviço na abordagem e tratamento dos doentes com doenças
auto-imunes. Os dados obtidos foram incorporados numa base de dados.
Resultados: Obtivemos 44 respostas de 118 serviços, das
quais 37 referiram ter médicos com actividade específi ca em
doenças auto-imunes. Um total de 158 médicos seguem 6.000
a 13.000 doentes, sendo as patologias mais prevalentes a Artrite
Reumatóide (1.191-2.305 doentes), Lupus Eritematoso (708-
1.395 doentes) e o Síndrome de Sjögren (320-665 doentes). A
terapêutica anti-TNF é realizada em 17 centros, a 135 doentes.
Conclusões: Em Portugal, um número elevado de doentes com
patologia auto-imune diversifi cada são seguidos por internistas, em consultas diferenciadas e com uma distribuição nacional.
Palavras chave: doenças autoimunes, artrite reumatóide, lupus,
sjögren, medicina interna, anti-TNF.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Gabriel SE. Classification of Rheumatic Diseases. In: Klippel JH, Dieppe PA, Eds. Rheumatology. Barcelona, Mosby. 2000: 1.3.1.

Hu P, Reuben DB. Effects of managed care on the length of time that elderly patients spend with physicians during ambulatory visits: National Ambulatory Medical Care Survey. Med Care 2002; 40 (7): 606-613.

Crespo J. Doença de Behçet: casuística nacional. Medicina Interna 1997; 4: 225-232.

Olsen NJ, Stein CM. New drugs for Rheumatoid Arthritis. N Engl J Med 2004; 350: 2167-2179.

MacGregor AJ, Silman AJ. Rheumatoid Arthritis: Classification and Epidemiology. In: Klippel JH, Dieppe PA, Eds. Rheumatology. Barcelona, Mosby. 2000: 5.2.3.

Gladman DD, Urowitz MB. Systemic Lupus Erythematosus: Clinical Features. In: Klippel JH, Dieppe PA, Eds. Rheumatology. Barcelona, Mosby. 2000: 7.1.1.

Wigley FM. Systemic Sclerosis: Clinical Features. In: Klippel JH, Dieppe PA, Eds. Rheumatology. Barcelona, Mosby. 2000: 7.9.1.

Medsger TA, Oddis CV. Inflammatory Muscle Disease : Clinical features. In: Klippel JH, Dieppe PA, Eds. Rheumatology. Barcelona, Mosby. 2000: 7.13.2.

Tzioufas AG, Moutsopoulos HM. Sjögren’s Syndrome. In: Klippel JH, Dieppe PA, Eds. Rheumatology. Barcelona, Mosby. 2000: 7.32.1.

Harris EN. Antiphospholipid Syndrome. In: Klippel JH, Dieppe PA, Eds. Rheumatology. Barcelona, Mosby. 2000: 7.35.1.

Yazici H, Yurdakul S, Hamuryudan V. Behçet’s Syndrome. In: Klippel JH, Dieppe PA, Eds. Rheumatology. Barcelona, Mosby. 2000: 7.26.1

Ficheiros Adicionais

Publicado

31-03-2006

Como Citar

1.
Tribolet de Abreu T, José Silva N, Portelinha D, Santos E, Brito H, Barros MJ, Barbosa P, Campos L. Internistas e Doenças Auto-imunes: Registo Nacional. RPMI [Internet]. 31 de Março de 2006 [citado 22 de Junho de 2024];13(1):5-13. Disponível em: https://revista.spmi.pt/index.php/rpmi/article/view/1582

Edição

Secção

Artigos Originais

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)

1 2 3 4 > >>