Osteoporose e infecção por VIH: Que ligação?

Autores

  • Cristina L. Correia Interna do Jnternato Complementar de Gastremerologia,Serviço de Medicina do Hospital de São Bernardo, Setúbal
  • Joana Sá Assistente Hospitalares de Medicina Interna, Serviço de Medicina do Hospital de São Bernardo, Setúbal
  • Mário Parreira Assistente Hospitalares de Medicina Interna, Serviço de Medicina do Hospital de São Bernardo, Setúbal
  • Paula Brito Interna do Internato Complememar de Medicina ln­terna, Serviço de Medicina do Hospital de São Bernardo, Setúbal
  • Mário Carqueijeiro Assistente Hospitalar Graduado de Medicina Interna, Serviço de Medicina do Hospital de São Bernardo, Setúbal
  • Álvaro Vaz Assistente Hospitalar de Nefrologia, Serviço de Medicina do Hospital de São Bernardo, Setúbal
  • José Poças Assistente Hospitalares de Medicina Interna, Serviço de Medicina do Hospital de São Bernardo, Setúbal

Palavras-chave:

osteoporose, virús da imunodeficiência humana, VIH

Resumo

A osteoporose é a doença óssea mais comum nos adultos, caracterizando-se pela perda de massa óssea. Verifica-se nos indivíduos do sexo masculino uma predominância de causas se­cundárias. Estudámos um caso de osteoporo­se em indivíduo do sexo masculino, 32 anos, ex-toxicodependente (hiroinómano), serologia VIH I e HCV positiva, com diagnóstico radio­lógico, densitométrico, cintigráfico e histoló­gico de osteoporose. Foram excluídas as cau­sas secundárias. A biópsia óssea mostrou os­teopenia com diminuição do número e do diâ­metro das trabéculas, e diminuição do depó­sito de osteóide, compatível com o diagnósti­co de osteopatia adinâmica.

Este caso clínico permite-nos especular so­bre a possível correlação entre as alterações imunológicas verificadas na infecção pelo VIH e as alterações do metabolismo ósseo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Silva CJ. Osteoporose primitiva. Cadernos Reumatologia 1991; 2(3): 92-103.

Kelepouris N, Harper K, Gannon F, Kapln F. Haddad J. Severe osteoporosis in men. Ann Intern Med 1995; 123; 452-460

Seeman E. The dilema of Osteoporosis in men. Am J Med 1995; 98(2A): 76-88.

Jackson J, Kleerekoper M. Osteoporosis in men: diagno­sis, pathophysiology, and prevention. Medicine (Baltimo­re J 1990; 69: 137-152.

Queiroz MV. Profilaxia e tratamento da osteoporose primitiva. Cadernos Reumatologia 1991; 2(3) 104-108.

Serrano S, Aubia J. Marinoso ML. Patogenia da osteopatia adinf1mica (Doença aplástica, síndroma do osso morto). Nephrologia 1993; XIII (3) 157-159.

Felsenfeld AJ, Adynamic Bone: Possible causes and pos­sible strategies. Rev Port Nefrol Hipert 1996: 10 (supl I) 859-872.

Reginster JY. Calcironin for prevention anel treatment. pre­sented at the Fourth lnternational Symoposium on Osteo­porosis, Hong-Kong. Cadernos de Reumatologia 1993; 4(2 ): 60-71.

Ficheiros Adicionais

Publicado

31-12-1998

Como Citar

1.
Correia CL, Sá J, Parreira M, Brito P, Carqueijeiro M, Vaz Álvaro, Poças J. Osteoporose e infecção por VIH: Que ligação? . RPMI [Internet]. 31 de Dezembro de 1998 [citado 23 de Julho de 2024];5(4):239-41. Disponível em: https://revista.spmi.pt/index.php/rpmi/article/view/2157

Edição

Secção

Artigos Originais

Artigos Similares

Também poderá iniciar uma pesquisa avançada de similaridade para este artigo.