Avaliação do Efeito da Concentração da Hemoglobina e do Volume Globular Médio na Determinação da Hemoglobina A1c: Estudo Retrospetivo

Autores

  • Anália do Carmo Serviço de Patologia Clínica, Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, Coimbra, Portugal
  • Ana Carolina Queiroz Serviço de Patologia Clínica, Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, Coimbra, Portugal
  • Fernanda Escada Fontes Serviço de Patologia Clínica, Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, Coimbra, Portugal
  • João Mariano Pego Serviço de Patologia Clínica, Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, Coimbra, Portugal
  • Rui Tomé Serviço de Patologia Clínica, Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, Coimbra, Portugal
  • Fernando Rodrigues Serviço de Patologia Clínica, Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra, Coimbra, Portugal

DOI:

https://doi.org/10.24950/rspmi.729

Palavras-chave:

Hemoglobina A Glicosilada, Hemoglobinas, Testes Hematológicos

Resumo

Introdução: A diabetes mellitus (DM) é uma desordem metabólica
caracterizada por hiperglicemia crónica e pelo desenvolvimento
de complicações graves que determinam a
perda da qualidade de vida do doente. A avaliação do grau
de controlo glicémico dos doentes diabéticos pode ser efetuado
com base na determinação da percentagem de hemoglobina
glicada A1c (HbA1c). No entanto, vários estudos
referiram que a determinação da HbA1c pode ser alterada
pela anemia sendo por isso importante avaliar a relação entre
a determinação da HbA1c, a concentração de hemoglobina
([Hb]) e o volume globular médio (VGM).
Material e Métodos: Realizámos um estudo retrospetivo, num
hospital central, baseado na recolha dos valores da HbA1c
e de parâmetros hematológicos, nomeadamente a [Hb] e
VGM em todas as análises efetuadas nos últimos 10 anos
(2005-2015).
Resultados: A análise dos dados evidenciou que nas análises
em que VGM < 80 fL e a [Hb]< 12 g/dL (mulheres) ou [Hb]
< 13 g/dL (homens) o valor de HbA1c é significativamente
mais elevado do que o valor determinado quando VGM > 80
fL e a [Hb]≥ 12 g/dL (mulheres) ou [Hb] ≥ 13 g/dL (homens).
Conclusão: Os resultados deste estudo confirmaram que a
[Hb] e o VGM podem influenciar o valor de HbA1c. Num
doente diabético o aumento do valor de HbA1c pode não
ser indicativo de mau controlo metabólico mas estar associado
a anemia. Assim, num doente diabético é importante
efetuar a determinação da HbA1c, e correlacioná-la com a
[Hb], com o valor de VGM e com a glicose plasmática

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Kahn SE, Cooper ME, Prato S. Pathophysiology and treatment of type 2 diabetes : perspectives on the past, present, and future. Lancet. 2014;383:1068–83.

Siddiqui AA, Siddiqui SA, Ahmad S, Siddiqui S, Ahsan I, Sahu K. Diabetes: mechanism , pathophysiology and management-a review. Int J Drug Dev Res. 2013;5:1–23.

Observatório Nacional da Diabetes. Factos e Numeros. 2014.

Direção Geral da Saúde. Diagnóstico e Classificação da Diabetes Mellitus. Lisboa: DGS;2011.

Braga F, Panteghini M. Standardization and analytical goals for glycated hemoglobin measurement. Clin Chem Lab Med. 2013;51:1719–26.

English E, Idris I, Smith G, Dhatariya K, Kilpatrick ES, John WG. The effect of anaemia and abnormalities of erythrocyte indices on HbA1c analysis: a systematic review. Diabetologia. 2015;58:1409–21.

Attard SM, Herring AH, Wang H, Howard AG, Thompson AL, Adair LS, et al. Implications of iron deficiency/anemia on the classification of diabetes using HbA1c. Nutr Diabetes 2015;5:e166.

Shanthi B, Revathy C, Devi AJM, Subhashree V. Effect of iron deficiency on glycation of haemoglobin in nondiabetics. J Clin Diagnostic Res. 2013;7:15–7.

Adeoye S, Abraham S, Erlikh I, Sarfraz S, Borda T, Yeung L. Anaemia and haemoglobin A1c level: Is there a case for redefining reference ranges and therapeutic goals? Br J Med Pract. 2014;7:6–10.

Hong JW, Ku CR, Noh JH, Ko KS, Rhee BD, Kim D. Association between the presence of iron deficiency anemia and hemoglobin A1c in Korean adults: the 2011-2012 Korea National Health and Nutrition Examination Survey. Medicine. 2015;94:e825.

Ford ES, Cowie CC, Li C, Handelsman Y, Bloomgarden ZT. Iron-deficiency anemia, non-iron-deficiency anemia and HbA1c among adults in the US. J Diabetes. 2011;3:67-73.

Fonseca, C., Marques, F., Robalo Nunes, A., Belo, A., Brilhante, D. and Cortez J. Prevalence of anaemia and iron deficiency in Portugal: the EMPIRE study. Intern Med J 2016. 46470-8.

Direção Geral da Saúde. Abordagem, diagnóstico e tratamento da ferropénia no adulto.Lisboa: DGS;2015.

Sinha N, Mishra TK, Singh T, Gupta N. Effect of iron deficiency anemia on hemoglobin A1c levels. Ann Lab Med. 2012;32:17–22.

Tarim O, Küçükerdoğan A, Günay U, Eralp O, Ercan I. Effects of iron deficiency anemia on hemoglobin A1c in type 1 diabetes mellitus. Pediatr Int. 1999;41:357–62.

Christy AL, Manjrekar PA, Babu RP, Hegde A, Rukmini MS. Influence of iron deficiency anemia on hemoglobin A1C levels in diabetic individuals with controlled plasma glucose levels. Iran Biomed J. 2014;18:88–92.

Ficheiros Adicionais

Publicado

30-06-2017

Como Citar

1.
do Carmo A, Queiroz AC, Escada Fontes F, Mariano Pego J, Tomé R, Rodrigues F. Avaliação do Efeito da Concentração da Hemoglobina e do Volume Globular Médio na Determinação da Hemoglobina A1c: Estudo Retrospetivo. RPMI [Internet]. 30 de Junho de 2017 [citado 7 de Dezembro de 2022];24(2):92-7. Disponível em: https://revista.spmi.pt/index.php/rpmi/article/view/729

Edição

Secção

Artigos Originais