De Abraham Lincoln a Michael Phelps: A Propósito de um Caso de Dor Torácica…

Autores

  • Maria Lobo Antunes Departamento de Medicina, Hospital Beatriz Ângelo, Loures, Portugal
  • Rita Miranda Departamento de Medicina, Hospital Beatriz Ângelo, Loures, Portugal
  • Carla Noronha Departamento de Medicina, Hospital Beatriz Ângelo, Loures, Portugal
  • José Lomelino Araújo Departamento de Medicina, Hospital Beatriz Ângelo, Loures, Portugal
  • José Pimenta da Graça Departamento de Medicina, Hospital Beatriz Ângelo, Loures, Portugal

DOI:

https://doi.org/10.24950/rspmi.945

Palavras-chave:

Aneurisma aórtico, Aneurisma Dissecante, Síndrome de Marfan, Subluxação do Cristalino

Resumo

A síndrome de Marfan (SM) é uma doença genética, maioritariamente de transmissão autossómica dominante, que afecta o tecido
conjuntivo. A mutação no gene da fibrilina-1 ocorre em 90% dos casos. A dilatação/dissecção aórtica e sub/luxação do cristalino
são manifestações cardinais da SM. Apresentamos o caso de uma
mulher, de 35 anos, avaliada em consulta de Medicina por quadro recorrente de desconforto retroesternal intenso, tipo aperto,
episódico, com irradiação para o epigastro, que agravava com a tosse e decúbito, aliviava com anti-inflamatórios não-esteróides e
anteflexão do tronco. Recorreu previamente ao serviço de urgência admitindo-se quadro de dispepsia, dada a normalidade do electrocardiograma, biomarcadores cardíacos, radiografia torácica e ecocardiograma transtóracico (realizado por rotina 4 meses antes).
Tinha história pessoal de luxação bilateral dos cristalinos. Por suspeita de miopericardite foi solicitado ecocardiograma transtorácico urgente que revelou dissecção aguda da aorta tipo A e insuficiência aórtica aguda grave. Foi de imediato transferida para a Urgência de Cirurgia Cardiotorácica de um hospital central e submetida a cirurgia de Bentall. A SM tem um envolvimento sistémico, afecta com frequência a aorta e válvulas cardíacas, o aparelho osteoarticular, ocular e respiratório. A grande variabilidade fenotípica dificulta o seu reconhecimento precoce.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Up to date. Marfan syndrome. Consultado a 13 de outubro 2014.

Marfan Syndrome, Prashanth Inna, MBBS, MS, DNB Consultant in Pediatric Orthopedic Surgery, Manipal Hospitals of Bangalore, India.

(Acesso em 18 de outubro 2014,em: http://emedicine.medscape.com/1258926-overview).

Harris CG, Croce B, Tian DH. Marfan syndrome. Ann Cardiothorac Surg 2014 Jul;3:437.

Lebreiro A, Martins E, Cruz C, Almeida J, Pimenta S, Bernardes M, et al. Caracterização genotípica de uma população de doentes portugueses com síndrome de Marfan. Rev Port Cardiol 2011; 30:649-54.

Yuan SM, Jing H. Marfan syndrome: an overview. Sao Paulo Med J 2010 Dec;128:360-6.

Phowthongkum P. Acute aortic dissection mimics acute inferoposterior wall myocardial infarction in a Marfan syndrome patient. BMJ

Case Rep 2010;pii: bcr08.2009.2155.

Jondeau G, Detaint D, Tubach et al. Aortic event rate in the Marfan population: a cohort study. Circulation 2012;125:226-32.

Shimizu H, Kasahara H, Nemoto A et al. Can early aortic root surgery prevent further aortic dissection in Marfan syndrome?. Interact Cardiovasc Thorac Surg 2012;14:171-5.

Agg B, Benke K, Szilveszter B, Pólos M, Daróczi L, Odler B, et al. et al. Possible extracardiac predictors of aortic dissection in Marfan

syndrome. BMC Cardiovasc Disord 2014;14:47.

Varrica A, Satriano A, de Vincentiis C, Biondi A, Trimarchi S, Ranucci M, et al. et al. Bentall operation in 375 patients: long-term results and

predictors of death. J Heart Valve Dis 2014; 23:127-34

Ficheiros Adicionais

Publicado

30-09-2015

Como Citar

1.
Lobo Antunes M, Miranda R, Noronha C, Lomelino Araújo J, Pimenta da Graça J. De Abraham Lincoln a Michael Phelps: A Propósito de um Caso de Dor Torácica… . RPMI [Internet]. 30 de Setembro de 2015 [citado 30 de Maio de 2024];22(3):156-9. Disponível em: https://revista.spmi.pt/index.php/rpmi/article/view/945

Edição

Secção

Casos Clínicos

Artigos mais lidos do(s) mesmo(s) autor(es)

1 2 > >>